2022 Revista – vol. 24, n. 2

ARTIGO 01

Investigação e abordagem do paciente hipertenso com Hiperaldosteronismo Primário

Investigation and management of the hypertensive patient with Primary Aldosteronism

João Vicente da Silveira, Madson Queiroz Almeida, Fernanda Marciano Consolim-Colombo

Resumo

O hiperaldosteronismo primário (HAP) caracteriza-se pela produção de aldosterona, supressão da renina e hipertensão arterial. O HAP é a causa mais frequente de hipertensão endócrina e potencialmente curável com uma prevalência de 5% a 20% entre os hipertensos. Comparando-se pacientes com hipertensão arterial pareados pelo sexo e idade e com mesmo valor pressórico, a morbimortalidade é mais elevada no HAP com maior prevalência de desfechos cardiovasculares. As principais etiologias de HAP são: hiperplasia cortical adrenal bilateral, e o tumor da adrenal. Os testes mais sensíveis para o rastreio são a razão Aldosterona e Atividade Plasmática da Renina (A/APR) ou Aldosterona e Concentração Direta da Renina (A/CDR). Os testes confirmatórios são os de sobrecarga salina, do captopril e da furosemida. Após identificação do suspeito, realiza-se a tomografia de adrenal. O cateterismo venoso é a metodologia que define o HAP. O tratamento cirúrgico é a adrenalectomia

Palavras-chave: hiperaldosteronismo primário, adrenalectomia, concentração direta da renina, atividade plasmática da renina, antagonista do receptor mineralocorticoide.

Abstract

Primary hyperaldosteronism (PA) is characterized by aldosterone production and suppression of renin and arterial hypertension. PA is the most frequent cause of endocrine hypertension and potentially curable, with a prevalence of 5% to 20% among hypertensive patients. Comparing patients with arterial hypertension and matched by sex and age and with the same blood pressure value, morbidity and mortality is higher in PA with a higher prevalence of cardiovascular outcomes. The main etiologies of PA are bilateral adrenal cortical hyperplasia and adrenal tumor. The most sensitive tests for screening are the Aldosterone Ratio and Plasma Renin Activity (A/APR) or Aldosterone and Direct Renin Concentration (A/CDR). Confirmatory tests are saline overload, captopril and furosemide. After identifying the suspect, adrenal tomography is performed. Venous catheterization is the methodology that defines PA. Surgical treatment is adrenalectomy.

Keywords: primary aldosteronism, adrenalectomy, direct renin concentration, plasma renin activity, mineralocorticoid receptor antagonist.